Icon Icon Segue o meu Pinterest Icon

A demissão de… Vítor Gaspar!

Vítor GasparNa sua carta de demissão, Vítor Gaspar, fala abertamente como nunca ninguém o tinha «ouvido» falar.

Importa destacar algumas palavras sábias que jamais achei que dele poderiam vir: «(...) o nível do desemprego e desemprego jovem são muito graves. Requerem uma resposta efetiva e urgente a nível europeu e nacional. Pela nossa parte exigem a rápida transição para uma nova fase de ajustamento: a fase do investimento!»

Há ainda a parte em que Vítor Gaspar dá o dito por não dito e assume a sua incapacidade para governar o nosso país, dizendo que:

«Esta evolução exige credibilidade e confiança. Contributos que, infelizmente, não me encontro em condições de assegurar.»

É pois um homem que se vê incapaz apesar de dar a demonstrar ser uma pessoa de consciência tranquila.

Agora temos nós que perguntar:

Será que quem ficou no seu lugar tem a capacidade que este afirmou não ter?

Eu e muitos dizemos que não.